domingo, 24 de octubre de 2010

Caetano Veloso - Sampa

Le debía una entrada cantando en brasileiro....

Me encanta su voz, su forma de cantar, su ternura, su suavidad, y es por eso que hasta el momento, siempre que aparecía poniendo en listón alto de los artistas brasileños, lo hacía cantando en castellano. Pero hoy por fin me quito al espinita y os lo presento cantando en su idioma patrio. Este es un tema suyo, de los más conocidos. Hablamos del año 1978...no ha llovido anda desde entonces. Disfrutadlo.

Pasad buen domingo!




"Alguma coisa acontece no meu coração
Que só quando cruza a Ipiranga e Av. São João
É que quando eu cheguei por aqui eu nada entendi
Da dura poesia concreta de tuas esquinas
Da deselegância discreta de tuas meninas
Ainda não havia para mim Rita Lee
A tua mais completa tradução
Alguma coisa acontece no meu coração
Que só quando cruza a Ipiranga e avenida São João

Quando eu te encarei frente a frente e não vi o meu rosto
Chamei de mau gosto o que vi, de mau gosto, mau gosto
É que Narciso acha feio o que não é espelho
E à mente apavora o que ainda não é mesmo velho
Nada do que não era antes quando não somos mutantes
E foste um difícil começo
Afasto o que não conheço
E quem vem de outro sonho feliz de cidade
Aprende depressa a chamar-te de realidade
Porque és o avesso do avesso do avesso do avesso

Do povo oprimido nas filas, nas vilas, favelas
Da força da grana que ergue e destrói coisas belas
Da feia fumaça que sobe, apagando as estrelas
Eu vejo surgir teus poetas de campos, espaços
Tuas oficinas de florestas, teus deuses da chuva
Pan-Américas de Áfricas utópicas, túmulo do samba
Mas possível novo quilombo de Zumbi
E os Novos Baianos passeiam na tua garoa
E novos baianos te podem curtir numa boa"

1 comentario:

raúl dijo...

qué guapas las imágenes, me ha encantado el show fotográfico. de la música de caetano ya ni hablamos.